Feeds:
Posts
Comentários

Archive for setembro \29\UTC 2012

Esperando…

“Era a tarde mais longa de todas as tardes que me acontecia
Eu esperava por ti, tu não vinhas, tardavas eu entardecia.
Era tarde, tão tarde, que a boca, tardando-lhe o beijo,
mordia quando à boca da noite surgiste na tarde tal rosa tardia.

Quando nós nos olhamos tardámos no beijo que a boca pedia
E na tarde ficámos unidos ardendo na luz que morria
Em nós dois nessa tarde em que tanto tardaste o sol amanhecia
era tarde de mais para haver outra noite para haver outro dia.”

 Ary dos Santos em “Estrela da Tarde”

Read Full Post »