Feeds:
Posts
Comentários

Archive for outubro \29\UTC 2017

Anúncios

Read Full Post »

Ela é minha menina
E eu sou o menino dela
Ela é o meu amor
E eu sou o amor todinho dela

A lua prateada se escondeu
E o sol dourado apareceu
Amanheceu um lindo dia
Cheirando a alegria

Pois eu sonhei
E acordei pensando nela

Pois ela é minha menina
E eu sou o menino dela
Ela é o meu amor
E eu sou o amor todinho dela

A roseira já deu rosas
E a rosa que eu ganhei foi ela
Por ela eu ponho o meu coração
Na frente da razão

E vou dizer pra todo mundo
Como gosto dela

Pois ela é minha menina
E eu sou o menino dela
Ela é o meu amor
E eu sou o amor todinho dela

Jorge Ben, 1968.

Read Full Post »

Neve…

Quando você for se embora,
moça branca como a neve,
me leve.
Se acaso você não possa
me carregar pela mão,
menina branca de neve,
me leve no coração.
Se no coração não possa
por acaso me levar,
moça de sonho e de neve,
me leve no seu lembrar.
E se aí também não possa
por tanta coisa que leve
já viva em seu pensamento,
menina branca de neve,
me leve no esquecimento.

Ferreira Gullar em Cantiga para não morrer

Read Full Post »

Ideais…

tumblr_lk1cin4skZ1qi2ojg

É difícil em tempos como estes: ideais, sonhos e esperanças permanecem dentro de nós, sendo esmagados pela dura realidade. É um milagre eu não ter abandonado todos os meus ideais, eles parecem tão absurdos e impraticáveis. No entanto, eu me apego a eles, porque eu ainda acredito, apesar de tudo, que as pessoas são realmente boas de coração.

* Anne Frank em O “Diário de Anne Frank”

Read Full Post »

“E o tempo passou.

E, como todo mundo,
o menino maluquinho cresceu.

Cresceu
e virou um cara legal!

Aliás,
virou o cara mais legal
do mundo!

Mas, um cara legal mesmo!

E foi aí que
todo mundo descobriu
que ele
não tinha sido
um
menino
maluquinho

ele tinha sido era um menino feliz!”

Ziraldo: O Menino Maluquinho

 

Read Full Post »

Essencial…

“Mas é preciso escolher. Porque o tempo foge. Não há tempo para tudo. Não poderei escutar todas as músicas que desejo, não poderei ler todos os livros que desejo, não poderei abraçar todas as pessoas que desejo.

É necessário aprender a arte de “abrir mão” – a fim de nos dedicarmos àquilo que é essencial.”

Rubem Alves

Read Full Post »

Van Gogh…

“O que sou eu aos olhos da maioria das pessoas? Uma não entidade, ou um homem excêntrico e desagradável – alguém que não tem e nunca terá posição na vida, em suma, o menor dos menores. Muito bem, mesmo que isso fosse verdade, devo querer que o meu trabalho mostre o que vai no coração de um homem excêntrico e desse joão-ninguém.” – Carta de Vincent ao irmão Théo (21 de julho de 1882).

Vincent Willem Van Gogh foi um pintor holandês nascido em 30 de Março de 1853, considerado um dos artistas mais influentes dos últimos tempos, embora seu reconhecimento tenha se dado apenas depois de sua morte. Enquanto vivo vendeu apenas um quadro – “O Vinhedo vermelho”. Van Gogh nunca imaginou a fama que viria a ter.  Com a saúde mental debilitada e acessos de loucura, pôs fim a própria vida em julho de 1890 aos 37 anos.
Imagem: © Vincent Van Gogh, Auto-Retrato, (Wikicommons).

Read Full Post »

Older Posts »